Twitter

Total de visualizações de página

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Capixaba primo de Neymar mostra que talento está no sangue e tenta carreira como profissional


Nascido em Vila Velha, Rhaudeman morou três anos com o primo, quando jogou na base do Santos

Divulgação

Rhau com a camisa do Bangu
O nome tem inspiração alemã, mas o sorriso, a voz, a alegria e os trejeitos são bem brasileiros. E, em especial, muito similares aos do melhor jogador do futebol nacional na atualidade e um dos melhores do mundo. Primo em 2º grau de Neymar, nascido em Vila Velha, Rhaudeman, em uma conversa por telefone, poderia tranquilamente se passar pelo camisa 11 do Barcelona.

Ao vivo, a semelhança também é perceptível. E se na hora que a bola rola as diferenças aparecem, Rhau Santiago, que hoje joga no Bangu (RJ), pretende minimizar a disparidade se espelhando no próprio ídolo.

“Todo mundo comenta que a gente se parece. Convivemos um bom tempo juntos e isso contribuiu para eu pegar o gestual dele, o jeito de falar. Quero me assemelhar também no modo de jogar. Temos algumas coisas parecidas em campo. Também gosto de cair pelas pontas, cortar a bola para dentro e chutar”, compara o garoto, que vai completar 20 anos em dezembro.

Em terras capixabas, Rhaudeman – que recebeu este nome em homenagem a um alemão que seu pai conheceu enquanto trabalhava como portuário – permaneceu até os 14 anos. Jogou na escolinha do Coqueirense, em Vila Velha, e participou da Copa A Gazetinha.

Sem vir ao Estado desde o final do ano passado, Rhau estará em Vila Velha no mês que vem. Vai encontrar a família, que mora em Itapoã, e matar as saudades de amigos que tem aqui. “Tem tempo que não vou para casa, mas meus pais e minhas irmãs vêm me ver. Tenho amigos da época da escola e do futebol também. Terei uns 15 a 20 dias para aproveitar e descansar aí”.
Foto: Reprodução / Facebook
 Reprodução / Facebook
Rhau (a esquerda) ao lado do primo Neymar e dos "parças" dos tempos de Santos Ganso e André, em 2011


Do Coqueirense para a Vila, com ajuda de um “olheiro especial”

Divulgação
A parceria entre os primos capixaba e santista começou a ficar mais forte em 2008, quando Neymar veio ao Espírito Santo jogar a Copa Brasil Sub-17, pela base do Santos.

O pai do craque santista, Neymar da Silva Santos, que é sobrinho de dona Zane, mãe de Rhaudeman, acompanhava o filho durante a competição. E serviu como uma espécie de olheiro do alvinegro praiano.

“O pai do Neymar já sabia que eu jogava na escolinha de futebol. Então, aproveitou que estava aqui e me levou para fazer um teste no Santos. E por lá eu acabei ficando. Morei na casa deles e dividi o quarto com Neymar por três anos”, lembra Rhaudeman, que não nega se inspirar no primo famoso.

“Ele é demais. É um cara extremamente profissional, mas também engraçado e alegre demais. É meu maior exemplo e referência. Sempre tivemos uma amizade muito boa e uma convivência melhor ainda durante o período em que moramos juntos. Me inspiro muito no Neymar dentro e fora de campo. É um cara brincalhão que sempre armava alguma coisa no vestiário. E sou bem parecido. Também gosto de fazer uma brincadeiras (risos)”, disse o capixaba.

Convite para visitar craque no Barcelona

Mesmo com a ida de Neymar para o Barcelona, da Espanha, os primos não perderam contato. O craque da Seleção Brasileira ainda se faz presente na vida do capixaba Rhaudeman.

“A gente está sempre se falando. Ele já me chamou para ir passear em Barcelona. Assim que tiver um tempo de folga, eu vou”, disse Rhau, que recebeu apoio do primo ao acertar com o Bangu. “Ele me deu os parabéns pelo novo clube e disse que, quando puder, vai querer assistir a um jogo meu no Bangu. Seria uma honra”, ressaltou.

Embora a realidade dos familiares seja bem distinta, o capixaba tem sonhos de ir para o futebol internacional. Mas, por enquanto, mantém os pés no chão e vai batalhar pelo reconhecimento nacional primeiro.

“Claro que todo jogador tem vontade de ir para a Europa um dia jogar. Mas eu sou muito consciente. Primeiro quero me destacar aqui. Ir bem pelo Bangu, clube que me acolheu de braços abertos, e contribuir para a equipe ir bem no Carioca”, planeja.

 Reprodução / Facebook
Ousadia e alegria

Parecido na “ousadia e alegria”, lema adotado por Neymar, Rhau até tenta seguir o estilo do primo, mas reconhece que o craque do Barça está em outro nível.

“Jogo mais ou menos parecido. Fico mais aberto pelas pontas e procuro treinar alguns dribles para aliar com a velocidade. Mas não dá para comparar. Se chegar perto da metade do que ele fez na carreira até agora já está muito bom”.

PERFIL
Nome: Rhaudeman Santiago
Nascimento: 12 de dezembro de 1993, em Vila Velha (ES)
Posição: atacante (ponta esquerda)
Altura: 1,75m
Clubes: Santos (categorias de base) e Bangu (RJ)

FAMÍLIA
É filho de Zane Santiago, tia de Neymar da Silva Santos, pai de Neymar Júnior
É primo de 2º grau de Neymar Júnior, craque do Barcelona, da Espanha